Blog SB Pharma

Publicado em 16 de setembro de 2021Sem comentários | Blog

OS PRIMEIROS 100 DIAS!

Mesmo para aquelas mães que já têm filhos, ter um novo bebê significa que o temido primeiro trimestre estará em breve de volta ao lar. E, embora, muitas delas adorem afirmar que tudo está indo super bem, é importante que as mamães de primeira viagem saibam que estar tudo bem definitivamente não é sinônimo de paz e tranquilidade…

Para os bebês, o normal é chorar muito, é a única forma dele se expressar, para dor, fome e sono por exemplo, isso também vem acompanhado do sono irregular, embora os bebês costumam dormir bastante nessa fase, os intervalos são bem pequenos, sem regras e também sem rotina. Vem também a temida cólica, o que costuma deixa os papais de cabelo em pé.

O certo a se fazer é manter a calma e entender o que acontece, mês a mês, durantes esses primeiros meses do bebê. Pronta para descobrir como vai ser?

O 1º MÊS…

Temos que entender que quando nascemos não estamos devidamente prontos para o mundo, isso só vai melhorar quando os laços entre a mãe e seu bebê estiverem estreitos, até lá veja o que pode acontecer:

  • O bebê vai querer carinho o tempo todo
  • O excesso de cocô e xixi são normais, porque o intestino e bexiga ainda estão em formação.
  • O choro em excesso também pode acontecer.

Vale ressaltar que isso claro varia um pouco de bebê para bebê, mas em geral é parecido em todos os lares. O principal é oferecer carinho que o bebê precisa ter paciência nesse momento intenso, o conselho dos médicos é deixar o bebê mamar livremente, sem limitar os intervalos.

O 2º MÊS…

Após a aflição do primeiro mês, o segundo chega trazendo com ele os esboços dos primeiros dos sorrisos do seu bebê, o cenário muda.

Já que ele está mais adaptado ao ambiente, ele começa a enxergar melhor, identificar alguns rostos quando estão perto e principalmente, as vozes dos pais.

Essa fase é importante para implantar uma ideia de “rotina”, um lugar aconchegante para a hora do sono e claro para o sono da noite, o ideal é o berço do bebê. Caso os papais optem por um lugar ao lado da cama, sem problemas, mas a atenção ao momento da troca é essencial, pois assim depois não ficara sofrido para o neném.

O 3º MÊS…

Aos poucos as coisas vão entrando nos eixos, o bebê já está mais firme, a mamãe já consegue começa a identificar os traços de comportamento do filho, os tipos de choro, das cólicas do sono e assim por diante. O importante é ligar o radar materno a qualquer sinal de que ele precise de algo mas deixe que ele se expresse, do jeito dele, pedir, chorar, reclamar para que assim você consiga suprir essa demanda. Isso faz parte do desenvolvimento do seu bebê.

Os primeiros meses parecem assustadores, esse é o momento de reconhecimento, de conhecimento, de experiência e apesar de na maioria dos casos não ser uma fase tão tranquila, acredite ou não, vai sentir falta até das noites em claro com o pequeno(a) no colo, porque é verdade sim que as crianças crescem rápido e cada etapa é diferente.

Vale a pena lembrar que a presença de um pediatra é fundamental, principalmente nos primeiros aninhos de vida, então embora tenha muita informação na internet hoje em dia, não deixe de consulta-lo sempre que necessário!

Elaborado pela colaboradora Maria Eduarda Aparecida Flauzino Dainese.

Fonte: https://blog.cordvida.com.br/como-sao-os-3-primeiros-meses-do-bebe

Compartilhe

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *